O x da questão (ou: o mundo tá difícil?)

image.jpg

acorde um pouco mais cedo
tome um banho um pouco mais frio
ligue pra um cliente a mais
escreva uma linha a mais
durma um pouco mais cedo
uma série a mais de agachamentos
cem metros a mais
pense um pouco mais
fique em silêncio, um segundo a mais
um capítulo a mais
um livro a mais
conheça-se um pouco mais
trabalhe uma hora a mais
deixe de fazer mais uma reclamação
enfrente um medo a mais
mais um beijo
mais um elogio
um minuto a mais
uma hora a mais
1% a mais
faça mais do que te faz bem
todos os dias

"não é o mundo que está duro.
é você que está mole"

Arrume uma desculpa para começar agora

Você é precisamente quem você merece ser.

Ponto. 

Tudo o que você faz ou fez resultou no que você é hoje. No lugar onde você está, no emprego que você tem, nas pessoas com as quais você convive, no salário que te pagam e nas besteiras que você é "obrigado a ouvir". 

Pare de culpar os outros. Não se coloque na posição de vítima.

É hora de assumir as rédeas da sua vida, e passar de espectador a protagonista. Agora. 

Não há tempo. Não há desculpas. Se for pra arrumar uma desculpa, arrume uma para começar, e não o contrário. 

Quantas desculpas você já deu para não começar? 

- Não tenho as ferramentas
- Não sei
- Não tenho dinheiro
- O que vão pensar de mim?
- Estou ocupado demais

Pensa assim: quem fará por você? E se você não fizer, o que vai ser de você em vinte anos? 

Simplesmente defina um objetivo claro e atingível, e comece. 

 

(um texto feito de mim para mim mesmo)